São Paulo em 1 Minuto, Confira



Se você quer ficar sabendo quando os próximos vídeos forem lançados, inscreva-se no meu canal do YouTube. Se você quer receber os próximos posts deste blog por email, inscreva-se aqui.

Na coluna da direta deste blog você encontrará os posts mais populares, assim como o arquivo com todos os posts publicados. Se você sentiu falta de algum tema, escreva-me

Até a próxima!

Luiza S. Rezende
Advogada empresarial especializada em startups

São Paulo

Ser Vegetariana, por que não? Minha História com o Vegetarianismo


Se você quer ficar sabendo quando os próximos vídeos forem lançados, inscreva-se no meu canal do YouTube. Se você quer receber os próximos posts deste blog por email, inscreva-se aqui.

Na coluna da direta deste blog você encontrará os posts mais populares, assim como o arquivo com todos os posts publicados. Se você sentiu falta de algum tema, escreva-me

Até a próxima!

Luiza S. Rezende
Advogada empresarial especializada em startups

pizza vegetariana

Descubra Qual é a Única Certeza Dessa Vida


Se você quer ficar sabendo quando os próximos vídeos forem lançados, inscreva-se no meu canal do YouTube. Se você quer receber os próximos posts deste blog por email, inscreva-se aqui.

Na coluna da direta deste blog você encontrará os posts mais populares, assim como o arquivo com todos os posts publicados. Se você sentiu falta de algum tema, escreva-me

Até a próxima!

Luiza S. Rezende
Advogada empresarial especializada em startups


Confira 3 Atitudes que Fortalecem a Autoestima


Se você quer ficar sabendo quando os próximos vídeos forem lançados, inscreva-se no meu canal do YouTube. Se você quer receber os próximos posts deste blog por email, inscreva-se aqui.

Na coluna da direta deste blog você encontrará os posts mais populares, assim como o arquivo com todos os posts publicados. Se você sentiu falta de algum tema, escreva-me

Até a próxima!

Luiza S. Rezende
Advogada empresarial especializada em startups

autoestima

Por que tanto ódio na internet?


Se você quer ficar sabendo quando os próximos vídeos forem lançados, inscreva-se no meu canal do YouTube. Se você quer receber os próximos posts deste blog por email, inscreva-se aqui.

Na coluna da direta deste blog você encontrará os posts mais populares, assim como o arquivo com todos os posts publicados. Se você sentiu falta de algum tema, escreva-me

Até a próxima!

Luiza S. Rezende
Advogada empresarial especializada em startups

ódio na internet

Sobre o improviso


Se você quer ficar sabendo quando os próximos vídeos forem lançados, inscreva-se no meu canal do YouTube. Se você quer receber os próximos posts deste blog por email, inscreva-se aqui.

Na coluna da direta deste blog você encontrará os posts mais populares, assim como o arquivo com todos os posts publicados. Se você sentiu falta de algum tema, escreva-me

Até a próxima!

Luiza S. Rezende
Advogada empresarial especializada em startups


Organização de apps no smartphone: como fazer?



Se você quer ficar sabendo quando os próximos vídeos forem lançados, inscreva-se no meu canal do YouTube. Se você quer receber os próximos posts deste blog por email, inscreva-se aqui.

Na coluna da direta deste blog você encontrará os posts mais populares, assim como o arquivo com todos os posts publicados. Se você sentiu falta de algum tema, escreva-me

Até a próxima!

Luiza S. Rezende
Advogada empresarial especializada em startups

smartphone

Dicas De Segurança e Privacidade Para o Smartphone



Se você quer ficar sabendo quando os próximos vídeos forem lançados, inscreva-se no meu canal do YouTube. Se você quer receber os próximos posts deste blog por email, inscreva-se aqui.

Na coluna da direta deste blog você encontrará os posts mais populares, assim como o arquivo com todos os posts publicados. Se você sentiu falta de algum tema, escreva-me

Até a próxima!

Luiza S. Rezende
Advogada empresarial especializada em startups


Qual Será o Futuro do YouTube?



Se você quer ficar sabendo quando os próximos vídeos forem lançados, inscreva-se no meu canal do YouTube. Se você quer receber os próximos posts deste blog por email, inscreva-se aqui.

Na coluna da direta deste blog você encontrará os posts mais populares, assim como o arquivo com todos os posts publicados. Se você sentiu falta de algum tema, escreva-me

Até a próxima!

Luiza S. Rezende
Advogada empresarial especializada em startups

controle remoto

Dicas Para Usar o Google Maps



Se você quer ficar sabendo quando os próximos vídeos forem lançados, inscreva-se no meu canal do YouTube. Se você quer receber os próximos posts deste blog por email, inscreva-se aqui.

Na coluna da direta deste blog você encontrará os posts mais populares, assim como o arquivo com todos os posts publicados. Se você sentiu falta de algum tema, escreva-me

Até a próxima!

Luiza S. Rezende
Advogada empresarial especializada em startups

Mapa

O que é SEO? Assista o vídeo sobre o assunto



Se você quer ficar sabendo quando os próximos vídeos forem lançados, inscreva-se no meu canal do YouTube. Se você quer receber os próximos posts deste blog por email, inscreva-se aqui.

Na coluna da direta deste blog você encontrará os posts mais populares, assim como o arquivo com todos os posts publicados. Se você sentiu falta de algum tema, escreva-me

Até a próxima!

Luiza S. Rezende
Advogada empresarial especializada em startups


O Que a Música Representa Para Mim


Se você quer ficar sabendo quando os próximos vídeos forem lançados, inscreva-se no meu canal do YouTube. Se você quer receber os próximos posts deste blog por email, inscreva-se aqui.

Na coluna da direta deste blog você encontrará os posts mais populares, assim como o arquivo com todos os posts publicados. Se você sentiu falta de algum tema, escreva-me

Até a próxima!

Luiza S. Rezende
Advogada empresarial especializada em startups

Música, mulher tocando violão

Como Foi Estudar na Faculdade de Direito da USP (SanFran)


Se você quer ficar sabendo quando os próximos vídeos forem lançados, inscreva-se no meu canal do YouTube. Se você quer receber os próximos posts deste blog por email, inscreva-se aqui.

Na coluna da direta deste blog você encontrará os posts mais populares, assim como o arquivo com todos os posts publicados. Se você sentiu falta de algum tema, escreva-me

Até a próxima!

Luiza S. Rezende
Advogada empresarial especializada em startups

Estátua da justiça

Como Economizar Dinheiro em Viagens


Se você quer ficar sabendo quando os próximos vídeos forem lançados, inscreva-se no meu canal do YouTube. Se você quer receber os próximos posts deste blog por email, inscreva-se aqui.

Na coluna da direta deste blog você encontrará os posts mais populares, assim como o arquivo com todos os posts publicados. Se você sentiu falta de algum tema, escreva-me

Até a próxima!

Luiza S. Rezende
Advogada empresarial especializada em startups

Mulher na praia

Os 20 Melhores Filmes do Mundo



Se você quer ficar sabendo quando os próximos vídeos forem lançados, inscreva-se no meu canal do YouTube. Se você quer receber os próximos posts deste blog por email, inscreva-se aqui.

Na coluna da direta deste blog você encontrará os posts mais populares, assim como o arquivo com todos os posts publicados. Se você sentiu falta de algum tema, escreva-me

Até a próxima!

Luiza S. Rezende
Advogada empresarial especializada em startups


Vídeo Sobre Gravar Vídeos no YouTube


Se você quer ficar sabendo quando os próximos vídeos forem lançados, inscreva-se no meu canal do YouTube. Se você quer receber os próximos posts deste blog por email, inscreva-se aqui.

Na coluna da direta deste blog você encontrará os posts mais populares, assim como o arquivo com todos os posts publicados. Se você sentiu falta de algum tema, escreva-me

Até a próxima!

Luiza S. Rezende
Advogada empresarial especializada em startups



O Poder do Sorriso


Se você quer ficar sabendo quando os próximos vídeos forem lançados, inscreva-se no meu canal do YouTube. Se você quer receber os próximos posts deste blog por email, inscreva-se aqui.

Na coluna da direta deste blog você encontrará os posts mais populares, assim como o arquivo com todos os posts publicados. Se você sentiu falta de algum tema, escreva-me

Até a próxima!

Luiza S. Rezende
Advogada empresarial especializada em startups

Sorriso, o poder do sorriso

Quem Você Admira?



Se você quer ficar sabendo quando os próximos vídeos forem lançados, inscreva-se no meu canal do YouTube. Se você quer receber os próximos posts deste blog por email, inscreva-se aqui.

Na coluna da direta deste blog você encontrará os posts mais populares, assim como o arquivo com todos os posts publicados. Se você sentiu falta de algum tema, escreva-me

Até a próxima!

Luiza S. Rezende
Advogada empresarial especializada em startups



Dicas Para Usar o App De Fotos do seu Smartphone


***

Se você quer ficar sabendo quando os próximos vídeos forem lançados, inscreva-se no meu canal do YouTube. Se você quer receber os próximos posts deste blog por email, inscreva-se aqui.

Na coluna da direta deste blog você encontrará os posts mais populares, assim como o arquivo com todos os posts publicados. Se você sentiu falta de algum tema, escreva-me

Até a próxima!

Luiza S. Rezende
Advogada empresarial especializada em startups


Ter controle das próprias fraquezas é uma satisfação

Felicidade é um grande mito, sobre o qual muito já se escreveu, falou, pensou, compôs. O título desse post era no início "Felicidade é ter controle das próprias fraquezas", mas aí pensei que assim eu estaria traindo minhas próprias ideias a respeito do que é felicidade, então troquei por satisfação e inverti a ordem. Fiquei mais contente assim.

Satisfação é uma coisa boa, é uma sensação de bem-estar. Também não acho que dá para substituir livremente pela palavra "prazer", porque as pessoas associam prazer diretamente com um estímulo positivo, algo que produz uma certa euforia, uma alteração visível para melhor do estado da pessoa. Mas prefiro aqui a palavra satisfação porque ela traz uma certa serenidade, uma maturidade. Estamos falando de um bem-estar gerado por uma paz de espírito, a satisfação gerada por um equilíbrio experimentado de forma positiva e agradecida.

Ter controle das próprias fraquezas é uma satisfação. Todos nós temos fraquezas, e muitas. Se você acha que não tem fraquezas, aí está um problema; se quiser, tenho alguns cursos de imersão, entrega e autoconhecimento para recomendar. Meditação, Yoga, papos com pessoas diferentes de você podem ajudar. Também um psicólogo, psicoterapeura, analista, todos eles costumam fazer bem a todos nós, principalmente para quem diz que não tem fraquezas.

O pior problema das fraquezas é que é difícil reconhecê-las. Você vai sempre encobri-las com a desculpa de "é minha personalidade", "é meu jeito", "sou assim", "sempre fui assim", "não dá para mudar". Essa é a cobertura racional que você dá para a sua fraqueza, o que torna difícil lidar com ela, torna-a quase invencível. E justamente porque tem todas essas capas é que é uma fraqueza: faz mal a você, você não consegue apontá-la e enfrentá-la e isso te deixa mais fraco. Mas não é impossível lidar com a fraqueza; só que é preciso quebrar a casca dela.

Fiz também questão de usar o plural, fraquezas. Todos nós temos muitas fraquezas, e é isso que engrandece também nossa missão humana de estar aqui, melhorar, crescer. Em primeiro lugar, ame suas fraquezas, elas são o desafio que você ganhou de presente para enfrentar aqui. Se algum tema sobre si mesmo está muito fácil de compreender, nunca te aborrece, você sabe lidar super bem, desconfie: essa não é sua verdadeira fraqueza. Pode ser a fraqueza de alguém, mas não é a sua, não se iluda.

Você deve querer saber o que é fraqueza no meu ponto de vista (afinal, por que eu estou gastando um texto inteiro com esse tema). Vou gastar um parágrafo inteiro (em itálico) só para isso.

Fraqueza é algo que te distancia da pessoa que você gostaria de ser ser. Fraqueza são suas características que te distanciam do adulto que você sonhou em ser quando era criança. Fraqueza é tudo aquilo que te distancia do legado que você gostaria de deixar neste mundo. Fraqueza são características negativas (que você pode ver como neutras ou inofensivas, mas isso é uma racionalização) que fazem você ser menos altruísta, menos paciente, menos bondoso, menos amoroso, menos alegre, menos solidário, menos tolerante, menos sorridente, menos calmo, menos equilibrado, menos pleno, menos justo, menos trabalhador, menos resistente, menos resiliente, e menos tudo aquilo que te faria brilhar mais.

Também usei a palavra "controle" no título, mas por favor não ache que eu acredito em "controle pleno", principalmente quando estamos falando de seres humanos. Querer ter "controle pleno" da própria vida é um pensamento doentio, principalmente porque é impossível. O que eu quis dizer com controle das próprias fraquezas é um controle relativo: ter consciência delas, perceber quando elas aparecem, perceber os pequenos sinais antes de elas aparecerem, perceber as causas, as consequências e o contexto, e poder tomar uma atitude para mudar. É isso que eu quis dizer com controle, é o que eu chamo de um controle humano.

Espero que eu tenha explicado bem meu título. Aliás, agora acho que já expliquei o que queria explicar também, espero que a ideia tenha ficado clara.

***

Se você quer ficar sabendo quando os próximos vídeos forem lançados, inscreva-se no meu canal do YouTube. Se você quer receber os próximos posts deste blog por email, inscreva-se aqui.

Na coluna da direta deste blog você encontrará os posts mais populares, assim como o arquivo com todos os posts publicados. Se você sentiu falta de algum tema, escreva-me

Assista também o vídeo sobre o tema no meu canal do YouTube:


Até a próxima!

Luiza S. Rezende
Advogada empresarial especializada em startups


Por um mundo com menos "outros"

Não acho que a capacidade de aceitar o outro seja algo inerente ao ser humano. Diferente da tendência a querer abraçar e cuidar (e curtir fotos no Facebook) de bebês e gatos, o ser humano em geral não sai de fábrica (nem entra na vida adulta) pronto para aceitar outros seres humanos que vê como "diferentes" dele.

Ao contrário, parece que o ser humano tem um talento especial para classificar, agrupar, nomear e assim mais facilmente apontar diferenças entre si e os outros.

Se a corda pele do outro é diferente, ele é diferente de mim. Se eu tenho mais dinheiro no banco e bens do que o outro, ele é diferente de mim. Se eu pratico uma religião e ele pratica outra, ele é diferente de mim. Se eu tenho uma orientação sexual e ele tem outra, ele é diferente de mim. Se eu venho de uma região do país e ele de outra, ele é diferente de mim. Se eu tenho um sotaque e ele tem outro, ele é diferente de mim. Se eu sou magro e ele gordo, ele é diferente de mim.Se eu apoio um partido político e ele outro, ele é diferente de mim.

Se todas essas classificações tivessem um propósito meramente intelectual (digamos para enriquecer os debates e para que pudéssemos entender melhor as diferenças sociais, culturais e de outras naturezas entre os seres humanos), e acima de tudo nos víssemos como iguais, não haveria nenhum propósito esse texto.

Mas o que ocorre de forma viciante e doentia é que todas essas classificações servem para criar cada vez mais "outros" entre os seres humanos. E se aquela pessoa ao seu lado é um "outro", você talvez não precise se importar com ela; pode ser que você torça o nariz para a opinião daquela pessoa, afinal ela é diferente de você; você provavelmente não se importa com as causas que aquela pessoa defende, elas não dizem respeito ao seu grupo, você pode no máximo ficar indiferente; se aquela pessoa está passando por maus momentos, também é difícil se importar, ela é tão diferente de você. Essa é a versão "passiva" da "outrificação" (acabei de inventar a palavra, significa esse processo que descrevi, de criar outros, de multiplicar as diferenças). Existe também a versão violenta: para pessoas desequilibradas e agressivas, quanto mais "outros" a sociedade estimular, mais ataques violentos preconceituosos, que podem terminar em mortes e destruição de famílias acontecerão.

Apontar diferenças e sutilmente perceber o outro como "diferente de mim" pode parecer algo inofensivo. Mas a multiplicação de "outros" é um primeiro passo para um mundo com cada vez menos solidariedade. Quanto mais "outros" no mundo, menos "nós" vão existir. Quanto mais "outros", mais preconceitos embutidos, mais isolamento, mais barreiras, mais tensão social, mais violência.

Devemos também lembrar que o ser humano, como bom mamífero que é, tende a se preocupar com o seu "grupo", com aqueles entes que compõem o seu "nós". Hoje em dia, para quem vive em cidades grandes (ambientes altamente especializados, individualistas, competitivos, racionais e consumistas), o "nós" costuma ser a própria pessoa, sua família próxima e seus amigos mais próximos. O resto são "outros", não entram na zona de preocupação, na zona de interesse, na zona de vontade de entender, se envolver.

Não deveríamos ensinar nossos filhos a ver tantos "outros". É possível ver mais "nós", é possível ver menos diferenças, menos barreiras. É possível ter mais interesse em se envolver com outras questões sociais, culturais, políticas diferentes daquelas que são objeto de interesse de nossa própria "panelinha".

A globalização aconteceu, acontece e se intensifica. A internet nos deixa ver fotos em redes sociais de uma pessoa do outro lado do mundo que nem conhecemos. Sabemos notícias de (quase) qualquer lugar do mundo segundos depois de o fato acontecer. Podemos nos agrupar e nos expressar (em alguns países no mundo) com mais facilidade do que nunca.

Tenho esperança de que a rede, essa coisa que virtualmente nos uniu e nos chamou coletivamente de "internautas", possa nos inspirar a reduzir barreiras e classificações. Eu sinceramente vejo um pequeno movimento nessa direção, mas esse assunto fica para um próximo texto.

Quanto mais "nós" tivermos, mais felizes seremos como sociedade no futuro.

***

Se você quer ficar sabendo quando os próximos vídeos forem lançados, inscreva-se no meu canal do YouTube. Se você quer receber os próximos posts deste blog por email, inscreva-se aqui.

Na coluna da direta deste blog você encontrará os posts mais populares, assim como o arquivo com todos os posts publicados. Se você sentiu falta de algum tema, escreva-me

Até a próxima!

Luiza S. Rezende
Advogada empresarial especializada em startups


Dicas para usar o Google Maps


Preparei este vídeo com algumas dicas muito simples para usar o Google Maps, espero que gostem...!

Se você quer ficar sabendo quando os próximos vídeos forem lançados, inscreva-se no meu canal do YouTube. Se você quer receber os próximos posts deste blog por email, inscreva-se aqui.

Na coluna da direta deste blog você encontrará os posts mais populares, assim como o arquivo com todos os posts publicados. Se você sentiu falta de algum tema, escreva-me

Até a próxima!

Luiza S. Rezende
Advogada empresarial especializada em startups